Arquivo por Tag: Windows Server 2008 R2

Planejamento de Infraestrutura com Ambiente Microsoft

Planejamento de Instalação

Pré Instalação

Objetivo:

O objetivo é gerir de forma prática e viável os usuários e suas condições no ambiente de rede utilizando o Sistema Operacional Windows Server 2012 – versão Enterprise sem limitações de recursos para que não haja problemas de implementação futura.

• Equipamento de hardware e tolerância a falhas

Produto da série E5-2400 utilizando processador INTEL XEON criado com base para data centers.
Possui expansão de recursos como memória para atender um eventual aumento de consumo.
Opção de discos até 4 unidades
2 soquetes de processador podendo expandir mais um objeto
Cache de 2,5 mb por núcleo – 6 núcleos no total
Alimentação com fonte redundante de 550W
Armazenamento do tipo SAS com discos de 72 gb em raid 0 + 1
Observação: Esse servidor apenas será objeto de gerenciamento de rede e não armazenamento de arquivos, para file Server e outros fins serão outros equipamentos e alguns possivelmente virtualizados.

• Necessidade dos usuários

Ter acesso ao servidor através da rede com participação em compartilhamentos criados pelos administradores
Níveis de acesso para utilizar somente o necessário de cada grupo ou usuário baseado em Active Directory com estratégia adotada AGDLP;
Participar em unidades organizacionais para melhor visualização e clareza no gerenciamento.

• Segurança

Determinar a casa grupo ou usuário sua forma de participação em servidores de arquivos
Restringir o acesso a recursos, pastas e arquivos
Utilizar das políticas de grupo para viabilizar e cuidar da segurança

• Sistema de Arquivos

O Sistema de Arquivos que usaremos no Windows Server 2012 será o ReFS(Resilient File System).

• Licenciamento

O tipo de licenciamento adotado será o de aquisição do Windows Server por volume, além das cals por usuário.

• Forma de Participação na Rede

O modo de participação dos usuários na rede será baseado no controlador de domínio, este chamado Active Directory recurso do Windows Server 2012.

planejamento_infraestrutura_TI

Pós Instalação

• Hardware

Verificar os drivers instalados, atualizar se necessário confirmar se estão assinados pela Microsoft (homologação).

• Opções de inicialização e recuperação

Certificar que as opções estão ajustadas e seguras para um melhor desempenho do equipamento e do sistema operacional.

• Análise

Utilizar um recurso nativo do sistema operacional como o caso do MSinfo32 para analisar os recursos e serviços.

• Tempo

Ajustar se necessário as opções de data, hora e idioma e conferir se vão ser compatíveis com aplicações e bancos de dados futuros se houver.

 

 

Modelo de Script Vbs para Mapeamento

Estou colocando um script Vbs disponível para ajudar os administradores de rede que precisam colocar o mapeamento automático de unidades compartilhadas para usuários de domínio ou não.

Normalmente é pratica colocar o arquivo com nome .vbs na pasta netlogon que é o padrão para esse tipo de aplicação. Para que o script funcione, adicione o nome do arquivo no perfil do usuário no active directory.

Segue o código com alguns detalhes e comentários:

‘Script de Login

On error Resume Next

Err.clear 0

‘Desconectando e Mapeando Unidades de Disco

Set WshNetwork = Wscript.CreateObject(“Wscript.Network”)

WshNetwork.RemoveNetworkDrive “E:”, True, True

WshNetwork.RemoveNetworkDrive “H:”, True, True

WshNetwork.RemoveNetworkDrive “P:”, True, True

WshNetwork.RemoveNetworkDrive “K:”, True, True

WshNetwork.MapNetworkDrive “E:”,”\\192.168.1.250\ESCOLA”,”true”

WshNetwork.MapNetworkDrive “H:”,”\\192.168.1.250\FINANCEIRO”,”true”

WshNetwork.MapNetworkDrive “P:”,”\\192.168.1.250\Publico”,”true”

WshNetwork.MapNetworkDrive “K:”,”\\192.168.1.250\DADOS”,”true”

‘Sincroniza o horario da estacao com o servidor

Set objWMIService = GetObject(“winmgmts:\\” & strComputer & “\root\CIMV2”)

Set objShell = CreateObject(“WScript.shell”)

strCmd = “net time \\192.168.1.250 /set /yes”

set objexec = objshell.exec(strcmd)

‘Criando atalhos automaticamente na área de trabalho

strAppPath = “http://192.168.1.250:9675/portal/”

Set wshShell = CreateObject(“WScript.Shell”)

objDesktop = wshShell.SpecialFolders(“Desktop”)

set oShellLink = WshShell.CreateShortcut(objDesktop & “\Help Desk – Suporte.lnk”)

oShellLink.TargetPath = strAppPath

oShellLink.WindowStyle = “1”

oShellLink.IconLocation = “\\192.168.1.250\publico\icone\spiceworks.ico”

oShellLink.Description = “Help Desk – Suporte”

oShellLink.Save

strAppPath = “\\192.168.1.250\publico\suporte\suporte.exe”

Set wshShell = CreateObject(“WScript.Shell”)

objDesktop = wshShell.SpecialFolders(“Desktop”)

set oShellLink = WshShell.CreateShortcut(objDesktop & “\Suporte Remoto.lnk”)

oShellLink.TargetPath = strAppPath

oShellLink.WindowStyle = “1”

oShellLink.IconLocation = “\\192.168.1.250\publico\suporte\spiceworks.ico”

oShellLink.WorkingDirectory = “\\192.168.1.250\publico\suporte\”

oShellLink.Description = “Suporte Remoto”

oShellLink.Save

Wscript.Quit

Gerenciamento de ambiente de rede com Spiceworks

Com o crescimento dos dispositivos ligados a rede é comum termos que dar mais atenção a esse ambiente, com isso começamos a pensar no gerenciamento com ferramentas que atuam com precisão nas alterações constantes que a rede possui.

O Spiceworks possui diversos recursos que você precisa para simplificar o gerenciamento do seu ambiente de TI. Com uma amigável interface e uma ótima combinação de plugins que vão desde a personalização do service ou help-desk, até inventário de rede, relatórios, monitoramento e solução de problemas de infraestrutura.

A ferramenta é gratuita, e possui uma ampla comunidade de conhecimento onde os profissionais trocam experiências. Ele foi criado em 2006 e é mantido por fundos de capital ligados a entidades no Estados Unidos, atualmente o Spiceworks é desenvolvido com a ferramenta muito conhecida e que está crescendo muito chamada Ruby on Rails esta Open Source e com uma grande colaboração de desenvolvedores.

O Spiceworks está disponível para instalação do gerenciador na versão Microsoft Windows, porém detecta e gerencia os diversos dispositivos com Unix, Linux, Mac OS entre outros.

Imagem do Dashboard do Spiceworks:

spiceworks_dashboard

Spiceworks em 60 Segundos:

Windows Server 2008 R2

O Microsoft Windows Server 2008 R2 é a nova versão do sistema operacional Windows Server da Microsoft. Construído sobre os recursos e as capacidades do Windows Server 2008, o Windows Server 2008 R2 permite a você criar soluções para a organização mais fáceis de planejar, implantar e gerenciar do que as versões anteriores do Windows Server.

Utilizando o alto nível de segurança, confiabilidade e desempenho fornecidos pelo Windows Server 2008, o Windows Server 2008 R2 estende a conectividade e o controle para recursos locais e remotos. Isso significa que as organizações podem se beneficiar da redução de custos e do aumento da eficiência obtidos por meio do melhor gerenciamento e controle dos recursos em toda a corporação.

Melhorando a Plataforma de Aplicações Web

O Windows Server 2008 R2 inclui várias melhorias que tornam esse lançamento a melhor plataforma de aplicações do Windows Server até o momento, embora, sem dúvida, os fatores que mais contribuem para isso são as atualizações para o Internet Information Services 7 (IIS 7). O novo servidor Web inclui recursos que fazem com que as aplicações sejam executadas de forma mais rápida, usando menos recursos do sistema. Os recursos aprimorados também se unem para ajudar a reduzir o trabalho de administrar e fornecer suporte para as aplicações baseadas no Windows Server, bem como para melhorar a disponibilidade, a confiabilidade e a escalabilidade.

As principais melhorias para os servidores Web e de aplicações do IIS 7 no R2 são:

Menos trabalho para administrar e fornecer suporte para as aplicações baseadas na Web.
Suporte avançado para aplicações baseadas na Web.
Serviços aprimorados de transferência de arquivos.
Capacidade de estender a funcionalidade e os recursos para as aplicações baseadas na Web.

Habilitando a Virtualização e a Consolidação

A virtualização é um importante fator dos data centers atuais. A eficiência operacional oferecida pela virtualização permite às organizações reduzir substancialmente as atividades operacionais e o consumo de energia.

O Windows Server 2008 R2 proporciona as seguintes melhorias em virtualização:

Virtualização de computadores fornecida pelo Hyper-V Virtualiza os recursos do sistema de um computador físico. A virtualização de computadores permite o fornecimento de um ambiente virtualizado para os sistemas operacionais e aplicações. Quando sozinho, geralmente o Hyper-V é usado para a virtualização do computador servidor. Quando em conjunto com a tecnologia VDI (Virtual Desktop Infrastructure), o Hyper-V é usado para a virtualização do computador cliente.
Virtualização de apresentação Virtualiza um ambiente de processamento e separa o processamento dos gráficos e da entrada e saída, tornando possível executar uma aplicação em um local e ter o controle sobre essa aplicação em outro. A virtualização de apresentação pode permitir a execução de uma única aplicação, ou apresentar uma estação de trabalho com múltiplas aplicações.

Simplificando o Gerenciamento

O gerenciamento contínuo de servidores no data center é uma das tarefas mais demoradas que os profissionais de TI enfrentam atualmente. Qualquer que seja a estratégia de gerenciamento implantada, ela deve fornecer suporte para o gerenciamento tanto do ambiente físico como do virtual.

Para ajudar nesse problema, o Windows Server 2008 R2 possui novos recursos para reduzir o gerenciamento contínuo do Windows Server 2008 R2 e reduzir o trabalho administrativo de executar as tarefas operacionais simples do dia-a-dia. Além disso, essas tarefas administrativas podem ser executadas no servidor ou remotamente. Entre os benefícios destacam-se:

Melhor gerenciamento do consumo de energia dos centros de dados.
Administração remota aprimorada.
Redução do trabalho administrativo para tarefas administrativas executadas de forma interativa.
Linha de comando aprimorada e gerenciamento automatizado com o uso do PowerShell versão 2.0.
Melhor gerenciamento de identidade fornecido pelos Serviços de Domínio do Active Directory e pelos Serviços Federados do Active Directory.
Maior conformidade com os padrões estabelecidos e com as melhores práticas.

Escalabilidade e Confiabilidade

O Windows Server 2008 R2 suporta um volume de carga de trabalho sem precedentes, com escalabilidade dinâmica e total disponibilidade e confiabilidade. Um grande número de recursos novos e atualizados contribui para essa sustentação, entre eles:

Otimização de arquiteturas complexas de CPU
Maior componentização do sistema operacional
Melhor desempenho e escalabilidade para aplicações e serviços
Maior disponibilidade para os serviços automatizados de configuração de IP, usando o recurso de Failover de DHCP
Maior segurança para os serviços DNS usando o recurso DNSSEC

Tornando a Experiência Melhor em Conjunto

O Windows Server 2008 R2 possui vários recursos projetados para trabalhar especificamente com computadores clientes que executam o Windows 7. Essa é a próxima versão do sistema operacional cliente da Microsoft.

Os recursos que só estão disponíveis em computadores clientes que executam o Windows 7 com computadores servidores que executam o Windows Server 2008 R2 incluem:

Conectividade remota simplificada para computadores corporativos, usando o recurso DirectAccess.
Conectividade remota segura para computadores públicos e privados, usando uma combinação dos recursos de Espaço de Trabalho Remoto, Virtualização de Apresentação e Gateway de Serviços da Área de Trabalho Remota.
Melhor desempenho dos escritórios remotos, usando o recurso BranchCache.
Maior segurança para os escritórios remotos, usando o recurso DFS Somente Leitura.
Gerenciamento de energia mais eficiente, usando as novas configurações da Diretiva de Grupo de gerenciamento de energia para clientes do Windows 7.
Melhor integração da apresentação virtualizada, usando o novo recurso de feed de aplicações e estações de trabalho.
Maior tolerância a falhas de conectividade entre sites, usando o recurso Agile VPN.
Maior proteção para unidades removíveis, usando o recurso de Criptografia de Unidade de Disco BitLocker para criptografar as unidades removíveis.
Melhor prevenção contra perda de dados de usuários em trânsito, usando o recurso de Pastas Offline.
Maior disponibilidade para os serviços automatizados de configuração de IP, usando o recurso de Failover de DHCP.
Maior segurança para os serviços DNS, usando o recurso DNSSEC.

Fonte: Microsoft

Get Adobe Flash player
Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookCheck Our Feed