Go to the top

Wi-Fi Marketing como estratégia para se comunicar com o cliente

LoFrano / Apoio a Decisão, Blog, e-commerce, Internet / 0 Comments

“Hey, qual é a senha do Wi-fi?” Quem nunca fez esta pergunta ao entrar em um estabelecimento, que atire a primeira pedra! Mas, melhor que o funcionário passar a senha da internet local, é encontra-la aberta. Ficamos muito felizes por economizar no 4G, mas quem pode mesmo comemorar são os donos das empresas que recentemente podem contar com a ajuda do Wi-fi Marketing.

Quando digo contar, é no sentido literal mesmo! Podemos considerar o Wi-fi Marketing uma evolução da contagem de fluxo de pessoas em lojas.

Dentro das plataformas de e-commerce, é possível medir todas as ações de um cliente em potencial no espaço virtual. Isso ocorre desde uma simples visita, até a conversão. O varejista não tinha acesso à essa medição, até conhecer o Wi-fi Marketing.

Como isso ocorre?

No momento em que você se conecta no Wi-fi “gratuito” de um estabelecimento, geralmente existe um cadastro onde dados pessoais são capturados por meio de um login ou através do acesso por intermédio de alguma rede social.

Desta forma, fica mais fácil atrair os consumidores e também facilita o acesso às notificações de seus smartphones, podendo enviar diretamente publicidade a respeito de ofertas e promoções. Como o usuário que está utilizando a sua internet fica próximo à loja para a conexão funcionar, ele já é “fisgado” no quesito – ponto de vendas, o que amplia as chances de conversão.

WIFI Marketing

Há também o check-in! O cliente faz uma publicação automática do local em que se encontra para então, se conectar à Internet. Ao realizar essa ação, sua marca poderá ser vista por 100, 500, 800 ou até mais amigos, na timeline de todos eles.

Constante evolução

Ainda há vários detalhes a serem discutidos a respeito da utilização da tecnologia do Wi-Fi Marketing, principalmente relacionados à segurança.

Tecnicamente falando, é conciso criar uma infraestrutura de conexão utilizando primeiramente redes separadas para uso interno e para os clientes, pensando em não prejudicar a idoneidade da base.

Além disso, ainda há muito o que descobrir sobre quais informações são disponibilizadas para que a empresa possa monitorar as pessoas enquanto elas estiverem lá dentro. Inicialmente, já é possível identificar o dispositivo, saber quanto tempo o comprador permaneceu na loja ou quantas vezes ele visitou o estabelecimento, quais são os horários e dias mais frequentes, de onde o visitante é e qual a sua faixa etária.

É possível também realizar um estudo de comportamento do consumidor, apenas com o cadastro dele para utilização do Wi-fi. Ao sair, você terá informações suficientes para enviar a ele, promoções, e-mail marketing, SMS, enfim, basta literalmente uma conexão para infinitas possibilidades.

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.