Go to the top

ERP: Um software que organiza a sua empresa

Fernando LoFrano / Blog, ERP, Planejamento Estratégico, Tecnologia, Tecnologia da Informação / 1 Comment

Você já imaginou um sistema de informação, que fosse responsável por cuidar de todas as operações diárias de uma empresa? Que incluísse todo trabalho administrativo e operacional, desde o faturamento até o estoque?

Pois esta é a missão do ERP (sigla, que em inglês significa Enterprise Resource Planning), ou seja, Planejamento dos Recursos da Empresa.

Este software, que na maioria das vezes é dividido em três camadas, inclui a Aplicação (cadastros, formulários divididos em campos e outros dados necessários para a operação da empresa), Framework (camada onde é possível parametrizar o sistema e também personalizar o ERP) e o Banco de Dados (que armazena de forma coerente os dados gerados na camada Aplicação).

Essas informações registradas pelo ERP são referentes aos fornecedores, clientes, funcionários, compras, produtos, impostos, enfim: todas elas, posteriormente, “conversam” e resultam na integração de processos com base nas regras de negócios e definições parametrizadas pela empresa.

O programa também mantém todos os dados registrados e baseado nisso, é plausível trabalhar com informações mais completas e apuradas. Isso faz com que as tarefas sejam mais organizadas através de regras de negócios e parâmetros definidos para atender aos processos e tarefas diárias feitas pelos funcionários das empresas.

ERP dentro das empresas

Pesquisas realizadas pelo Aberdeen Group (consultoria americana) mostram que somente 27,6% das funcionalidades disponíveis no software ERP são utilizadas.

No Brasil e na América Latina, o programa é usado de forma bem superficial e muitas das funcionalidades não são aproveitadas, seja por dificuldade ou por falta de conhecimento das empresas.

Nas situações bem sucedidas de ERP, os principais benefícios recebidos são: aumento de produtividade, redução de pessoal e de estoques, redução de tempo de ciclo de fechamento contábil/ financeiro, melhoria em transportes/ logística, entre outros.

Enfim, como você pode perceber, a implantação deste programa dentro das empresas é de total utilidade, principalmente, para obter a tão desejada organização do trabalho, dentro de uma corporação.

Comentários

Comentários

Carlos F Cereso 31 de julho de 2017

Entendo que o ERP organiza e se faz necessário, mas passamos por situações traumáticas em nossa implantação, acho que todos devem passar por isso, pode ser com SAP, TOTVS, Benner, enfim.

Faça um comentário