Go to the top

Viabilidade da Moeda Virtual [Bitcoin]

LoFrano / Bitcoin, Blockchain, Blog, Economia / 0 Comments

Esse tipo de investimento em moedas virtuais não adequadas pelo governo já não é novidade, mas ainda desperta muita curiosidade e dúvidas sobre a aquisição: vale a pena?

No caso das bitcoins, as transações são feitas online (como já dissemos acima, sem intervenção do governo), já que trata-se de um modelo de livre mercado descentralizado e funciona a partir do princípio em que a lei de oferta e procura estabeleça seu valor.

Agora, falando do ponto de vista financeiro, muitas pessoas direcionaram suas atenções devido a valorização da moeda virtual. Há também, quem veja um grande potencial de mercado a longo prazo, já que nos últimos 12 meses, o valor de uma única bitcoin chegou a cerca de U$ 10 mil, por volta de R$ 32 mil.

Só para se ter uma ideia: há um ano, uma moeda virtual tinha o valor de U$ 753 (R$ 2.400, em valores de hoje), ou seja, em 12 meses, houve um crescimento de 1.215%, e a intenção de alta parece continuar.

No entanto, é preciso cautela. Este é ainda, um investimento com retorno incerto e também possui outras “falhas” na segurança. Essa moeda não é rastreável, e isso possibilita que ela seja usada para fins criminosos como por exemplo, lavagem de dinheiro, tráfico de humanos e de drogas e outros crimes.

Essa moeda virtual, também não possui as funções econômicas que as moedas já conhecidas devem ter. Não é possível, por exemplo, aplicar a ela o papel de pagamento, pois o uso para esses fins ainda é pouco difundido no mundo inteiro.

Isso é tecnologia, evolução, e por que não, podemos estar falando na moeda do futuro? Muita calma! Ainda precisamos considerá-la uma aquisição especulativa, que não possui regras e que ainda, carrega consigo um risco muito expressivo.

Alguns céticos, dentre eles, grandes nomes do mundo de investimentos, como por exemplo, Jamie Dimon, da JPMongan Chase Warren, asseguram que esse mercado é fraudulento e que tem sua base formada em um esquema de pirâmide.

Outros, afirmam que, por se tratar de um mercado sem nenhuma regulação, quando os problemas surgirem, os investidores não terão a quem pedir socorro.

E olha só, na última semana, de acordo com informações do site www.tecmundo.com.br, criptmoeda bitcoin bateu um recorde, atingindo um novo valor: a unidade custa agora, US$ 15 mil – um crescimento impressionante, que já faz com que os analistas prestem atenção.

Pois bem, todas essas mudanças e possibilidades de tudo dar errado (ou muito certo) de uma hora para outra, são motivos que evitam a aceitação da criptomoeda no comércio. Esse tipo de investimento, para alguns analistas, é como se fosse um trem sem freios, que pode levar os investidores a dois caminhos: o do sucesso ou do fracasso.

Comentários

Comentários

Faça um comentário