Go to the top

Está no trabalho, usando seu computador: sobe uma atualização e pode confessar, muitas vezes, você simplesmente ignora esse alerta. No entanto, é importante saber que manter o PC atualizado é essencial para qualquer usuário. Quando algum sistema operacional ou software recebe uma atualização, muitas vezes, não é só visando a experiência e vivência do usuário. Um dos principais objetivos desse alerta, é corrigir falhas que possam surgir na segurança do seu computador.

Em 2017, um dos maiores ciberataques dos últimos tempos abriram informações de mais de 140 bilhões de americanos, por meio de uma invasão de hackers no sistema da empresa Equifax, que atua na área de gestão de créditos. Poderíamos até falar que foi coisa de cinema. Mas não. Eles apenas descobriram um pequeno descuido: havia um acesso aos dados, através de um software, que estava desatualizado.

Exploração de vulnerabilidades

Essa é uma das principais questões que envolvem os hackers. Nos últimos anos, o cibercrime se tornou um negócio bem lucrativo e mesmo com a divulgação do aumento dos ataques, muitas empresas e também usuários de computadores pessoais, ainda são atacados por descuidos básicos.

Só para se ter uma ideia, de acordo com o estudo “Cost of Data Breach 2017”, realizado pela IBM junto com o Instituto Ponemon, em 2017, as violações de dados custaram às empresas americanas US$ 4,1 milhões (R$ 13,5 milhões).

Insegurança para brasileiros

Pode não parecer, mas o cibercrime está mais perto de nós, brasileiros, do que se imagina. Segundo o relatório Norton Cyber Security Insight, o Brasil está cada vez mais visado pelos criminosos e em 2016, foi considerado um dos países que mais registraram atividades cibercriminosas: ele é o 4º no mundo.

Estamos falando de mais de 40 milhões de pessoas, que no último ano (2016), foram afetadas pelo cibercrime. Isso denota um prejuízo de mais de R$ 32 bilhões.

Faça um comentário