Go to the top

Isso é bem “Black Mirror”

Lofrano / Blog, Internet, Tecnologia / 0 Comments

Quem nunca ouviu essa frase, quando se trata de alguma tecnologia “pertubadora”?

Esta série que já entrou em 2018 com a quarta temporada, veio para mostrar a cada episódio que boa parte das “engenhocas” já existe (ou está prestes a estar disponível no mercado).

O que vale é o ranking

Não é difícil imaginar situações em que devemos avaliar as pessoas pela prestação de seus serviços. O Uber é um bom exemplo que vimos no episódio “Queda Livre” onde as pessoas são avaliadas em um ranking de serviços prestados ou consumidos.

Considerado um dos melhores episódios da série ele nos faz lembrar um pouco do que ocorre com o governo chinês que está desenvolvendo um sistema de crédito social próprio que segundo a BBC, “compila informações governamentais e fiscais, incluindo multas de trânsito, e o destila em um único número que ranqueia os cidadãos”.

Conversando com mortos

No episódio “Volto logo”, uma esposa deprimida com a morte do marido descobre um serviço que revive a consciência de uma pessoa por meio de todos os registros deixados por ela em vida. O contato começou por chat e então depois por telefone, e então, a consciência do marido foi implantada em um boneco moldado como ele.

E o mais “assustador”!? É que essa tecnologia já está sendo desenvolvida em chatbots desenhados para conversar com humanos e entender perguntas mais complexas.

Segurança Cibernética

Você já parou para pensar na quantidade de informações sobre a sua vida que estão disponíveis na “nuvem”? Um dos episódios de Black Mirror “Manda Quem Pode” mostra um rapaz que é chantageado por hackers que usaram a câmera de seu notebook para registrá-lo em situações comprometedoras, nos mostrando como a segurança cibernética acaba se tornando tão importante.

É fato que, cada vez mais aparecem casos de hackers que invadem equipamentos alheios em busca de material privado. Um bom exemplo seria o de um site russo, que já chegou a transmitir imagens captadas por câmeras de computadores vulneráveis a invasões.

Para se aprofundar

Se você curte Black Mirror, saiba que há outros programas que podem te ajudar a repensar sobre os caminhos que estamos tomando como sociedade, principalmente no que se refere à comunicação e tecnologia.

Rede Sombria | Série Documental, Orphan Black e Residue são as recomendações.

Comentários

Comentários

Faça um comentário