Go to the top

Robôs Professores com Inteligência Artificial nas Escolas

LoFrano / Blog, Futuro, Inteligência Artificial, Robôs, Tecnologias Emergentes / 0 Comments

Robôs professores com inteligência artificial nas escolas auxiliam as crianças na aprendizagem de novas línguas.

Esse é um dos objetivos principais da introdução de robôs com (IA) em escolas do Japão e da Finlândia.

Objetivo

No Japão, a ideia de ensinar o idioma inglês é uma nova proposta do governo que foi anunciada recentemente, e visa ajudar os alunos nos exercícios orais e tem previsão de início de testes no primeiro semestre de 2019.

Cerca de 500 escolas irão provar se essa tecnologia ajudará aos alunos, e se tudo der certo, dentro de dois anos a ideia será implantada. Junto com essa iniciativa o Ministério da Educação deverá oferecer aos estudantes aplicativos para estudo e sessões de conversação online com nativos do idioma inglês.

Robôs no Ensino

Além do Apredizado

O governo está preocupado em melhorar o domínio do idioma, já que em 2020, o número de turistas esperado é grande para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

Já na Finlândia, o uso de robôs em sala de aula está em teste.

O novo “professor” tem cerca de 30 centímetros de altura e é equipado com um software que faz com que ele compreenda as perguntas dos estudantes se comunicando em três línguas: finlandês, inglês e alemão.

Carisma e Paciência

Essas são as principais características deste robozinho chamado Elias, que é um completo sucesso numa escola primária na Finlândia.

Ele é um dos quatro robôs com inteligência Artificial que estão sendo utilizados num programa piloto na cidade de Tampere no sul do país.

Sua construção é feita pela modificação do robô humanoide NAO da japonesa Softbank com software desenvolvido pela Utelias, uma empresa local especializada em programas educacionais para robôs sociais.

Além do Elias, três OVObots, pequenas máquinas com cerca de 25 centímetros de altura que lembram corujas e ensinam matemática estão em teste.

Os OVObots são emprestados pela firma finlandesa AI Robots e o Elias foi adquirido pela instituição.

Parceiros no ensino

Nos últimos anos já foram iniciadas outras formas de testes com robôs em escolas, porém, só agora as tecnologias estão ficando maduras o suficiente para o emprego mais rotineiro desses ajudantes.

Neste mercado, até mesmo start-ups como a AI Robots conseguem disputar um espaço.

E a melhor parte? As crianças estão aprovando o uso de robôs com inteligência artificial.

Projetos como esses que ainda são pilotos visam certificar se os robôs podem aperfeiçoar a qualidade do ensino, e ao contrário do que muitos podem pensar, isso não significa que eles irão substituir os professores pois eles podem se tornar grandes parceiros em sala de aula para aplicarem diferentes atividades melhorando assim as formas de aprendizado.

Comentários

Comentários

Faça um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.