Go to the top

Frotas autônomas nas ruas a partir de 2020

LoFrano / Blog, Futuro, Machine Learning, Robôs, Tecnologia, Tecnologias Emergentes, Transformação Digital, Veículos Autônomos / 0 Comments

Está prevista para o ano de 2020, a frota revolucionária de táxis autônomos da Tesla (montadora americana de carros elétricos). Essa informação foi dada pelo CEO da Tesla Motors Elon Musk, que afirmou que está bem confiante com o projeto dos novos táxis-robôs.

Segundo Musk, durante o evento Autonomous Day realizado nos Estados Unidos, o início da “nova era” não terá carros em todas as jurisdições “porque não teremos aprovação regulatória em todo lugar”, afirma.

Frotas Autônomas

Esse inédito serviço de transporte com carros autônomos (que não necessitam de motoristas) poderá funcionar de duas maneiras: a primeira, é com carros oferecidos por seus donos. Se você, pessoa física, possui um Tesla e quer colocá-lo para trabalhar nesse serviço de caronas autônomas e gerar renda enquanto não o estiver usando, você poderá! Mas, é preciso entender que, neste caso 25% a 30% dos valores pagos pelas corridas autônomas ficará com a empresa.

Em regiões onde não há carros da Tesla o bastante para um serviço de transporte, a própria montadora ajeitará uma frota para atender os locais.

E para isso de acordo com o CEO da empresa, carros não vão faltar: a previsão é que até o ano que vem, um milhão de automóveis estejam disponíveis para os novos serviços.

Carona em suas mãos

Uber e 99, conhecidas empresas de transporte por aplicativo recebem as solicitações dos passageiros por meio de um app para celular. Com os carros autônomos não será diferente.

Além disso, os automóveis da Tesla terão o inovador chip de condução autônoma que parte do princípio da internet das coisas (IoT) para trazer visão computacional gerada através de GPS e rastreamento de imagem para gerar previsão das trajetórias com precisão.

Ainda falta segundo Musk, um software específico para deixar os automóveis sem necessidade de intervenção humana, mas o CEO acredita que isso será disponibilizado em meados de 2020.

Transformação Digital no transporte público

Elétrico e autônomo. Essa é a definição do novo ônibus da Volvo apresentado junto com a Universidade de Tecnologia de Nanyang, em Singapura. O Volvo 7900 Electric é parte de um projeto da universidade e visa tornar autônomos os meios de transporte urbanos.

O veículo que tem capacidade para até 80 passageiros, faz uso de sensores e de um sistema baseado em inteligência artificial para rodar pelas ruas.

Barulho de motor? Não há! Esse ruído é comum em veículos movidos à diesel, no entanto, a razão pela qual este ônibus é silencioso é bem simples: ele é elétrico e pode ser carregado em até 6 minutos! Com isso não há emissão de poluentes – e o meio ambiente agradece!

De acordo com Hakan Agnevall, presidente da Volvo Buses, o lançamento do primeiro ônibus autônomo e elétrico do mundo é um marco na indústria. “A jornada em direção à condução totalmente autônoma é complexa”, revela.

O projeto de Singapura junto com a Volvo e a universidade está em curso desde outubro de 2016 e os primeiros ônibus autônomos devem estar rodando nas ruas em 2022, inicialmente fora do horário de pico e em poucas áreas residenciais da cidade.

Revés

Nos dois casos mencionados acima, a transformação digital tanto para a Tesla quanto para o ônibus autônomo, há muitos desafios pela frente como por exemplo ações regulatórias e legislações, que podem atrasar as previsões das montadoras.

Convencer as autoridades e os usuários de que os carros são, verdadeiramente seguros para quem os utilizar, e também para o mundo (pedestres, outros motoristas, animais e ciclistas) também não será fácil e exigirá persistência e esforços redobrados.

Comentários

Comentários

Faça um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.