Go to the top

Temáticas éticas envolvendo tecnologia [O Círculo e Anon]

LoFrano / Blog, Netflix, Tecnologia / 0 Comments

As novas tecnologias estão invadindo as telas de cinema e as listas da Netflix.

Recentemente dois filmes chamaram minha atenção pela proximidade que estamos dessa realidade e pelo tanto que temos discuto em relação a privacidade.

O Círculo

Em O Círculo, uma adaptação do livro de Dave Eggers, há ideias que seriam até aceitáveis para criar uma nova temporada de Black Mirror, a famosa série britânica que analisa as consequências das novas tecnologias.

O objetivo desse longa-metragem é transformar ficção especulativa em obra cinematográfica, e para isso contou com a presença de um elenco de peso: Emma Watson, Tom Hanks, Karen Gillan, John Boyega, Ellar Coltrane, Patton Oswalt.

A trama que traz no decorrer das cenas várias subtramas relata a história de Mae (Watson), uma jovem que acredita que ao conseguir um emprego no Círculo, uma gigante organização da tecnologia do Vale do Silício (no melhor estilo Google e Facebook) que promete que todos os seus problemas serão resolvidos.

No entanto, a empresa começa a se parecer com uma seita e no decorrer do filme os personagens são vistos como adicionais para apresentação de novos conceitos sobre privacidade e a influência tecnológica. Isso inclui questões práticas como a transparência política e o registro de voto.

A protagonista, que parte de um subemprego para se tornar porta-voz da transparência absoluta vai aprendendo na pele quais são os grandes perigos do controle de informações do Círculo e vê a empresa fazendo com que seus familiares e amigos sofram consequências por meio disso.

Ela começa a se questionar sobre até que ponto tudo aquilo pode ser moralmente aceitável. Vale a pena conferir o longa, que fala sobre a evolução tecnológica e as questões éticas a ela conexas.

ANON

Já a provedora global de filmes e séries de televisão via streaming, Netflix, apresentou em 2018 o filme Anon, um suspense futurístico, que se passa em “um futuro não muito distante”.

Na história, o Governo descobriu a maneira perfeita de erradicar a criminalidade: a total ausência de privacidade, e assim a vida de todos os indivíduos é transparente, pesquisável e investigada pelas autoridades.

Em meio a isso, é narrada a vida de um dos agentes da polícia incumbido de fazer a lei funcionar que após uma série de assassinatos vai em busca de respostas.

No caminho ele conhece uma mulher que, depois de ter encontrado uma falha no sistema, consegue se manter incógnita. E é aí que o agente policial começa a questionar toda essa nova construção social.

Comentários

Comentários

Faça um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.